saclay_inaugurationextension07_diapo

“Como moldar as universidades em um mundo desafiador” foi o tema da Aula Magna do ITA 2017, proferida pelo presidente da École Polytechnique Université Paris-Saclay, Jacques Biot, nesta segunda-feira (6/3).

O palestrante citou a economia, o clima, as doenças e a segurança como os quatro desafios “sem precedentes” do mundo atual. Para enfrentá-los, mitigando seus efeitos – que se alimentam mutuamente -, é necessário investir na inovação como “condutora de prosperidade”, segundo Biot.

A inovação, por sua vez, passa por mudanças na forma de ensinar e no conhecimento transmitido pelas universidades. “É preciso ensinar para a Revolução Digital, ao mesmo tempo em que precisamos digitalizar a Educação”, afirmou o presidente da Polytechnique. “Devemos enxergar a universidade como sujeito, e o mundo digital como objeto”.

O desafio a ser vencido nesse novo modelo educacional está ligado à multi e interdisciplinaridade. No quesito segurança, por exemplo, os modelos matemáticos e a ciência da computação devem interagir com as políticas públicas, os estudos de economia e finanças e de filosofia, com foco na tolerância. Para Biot, ensinar a tolerância nas universidades é mandatório para se preservar a diversidade na academia.

Premiações

Antes da Aula Magna, foram entregues os prêmios aos engenheiros e professores que mais se destacaram em suas atividades no ano letivo 2016. Confira:

Láurea Casimiro Montenegro Filho – concedida pela Fundação Casimiro Montenegro Filho aos docentes do ITA que desenvolvam e utilizem práticas e abordagens pedagógicas, com vistas à melhoria do processo de ensino e aprendizagem. Premiado: Prof. Dr. Alberto Adade Filho.

Láurea Lacaz Netto – concedida pela empresa Litoral Engenharia de Desenvolvimento ao formando que tenha realizado o melhor Trabalho de Graduação. Premiados: Glauber de Lima Guarinello e Prof. Dr. Nei Yoshihiro Soma.

Prêmio Octávio Barbosa da Silva – concedido pela empresa Litoral Engenharia de Desenvolvimento ao melhor aluno do Curso de Engenharia Civil-Aeronáutica. Premiada: Jéssica Gomes de Souza Alcântara Meireles.

Prêmios Professor René Marie Vandaele, Richard Robert Wallauschek e Fernando Pessoa Rebello – concedidos pela Embraer ao melhor formando dos Cursos de Engenharia Aeronáutica, Engenharia Eletrônica e Engenharia Mecânica-Aeronáutica, respectivamente. Premiados: Diego Serra Azul Albuquerque, Pedro Yuri Arbs Paiva e Erick Antônio Silva.

Prêmio Professor Celso de Renna e Souza – concedido pela empresa Adhara Defesa e Segurança ao melhor aluno do Curso de Engenharia de Computação. Premiado: Glauber de Lima Guarinello.

Prêmio Instituto de Engenharia – concedido ao aluno de melhor desempenho geral. Premiado: Glauber de Lima Guarinello.

Prêmio Engenharia Aeroespacial – concedido pela Airbus Defense and Space ao melhor formando do Curso de Engenharia Aeroespacial. Premiado: Lucas Galembeck.

Prêmio Força Aérea Brasileira e Prêmio de Honra ao Mérito do Ministério da Defesa – concedidos ao melhor aluno militar do ITA. Premiado: Lucas Galembeck.