WhatsApp Image 2021-12-10 at 13.46.39

 

A Turma 1962 do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) inaugurou hoje uma placa alusiva ao título de Doutor Honoris Causa a um membro ilustre da turma, o engenheiro Ozires Silva.

O título foi concedido pelo ITA em março deste ano, e o ex-presidente da Embraer é o primeiro iteano a receber essa honraria. Em 70 anos de história do ITA, só três pessoas foram agraciadas com o Título de Doutor Honoris Causa: Alberto Santos Dumont, o Pai da Aviação e Patrono da Aeronáutica, Marechal Casimiro Montenegro Filho, criador do CTA, e Ozires Silva, por sua contribuição ao desenvolvimento da indústria nacional.

A placa foi fixada sob a placa onde constam os nomes da Turma 62, no corredor do ITA. A AEITA esteve representada na solenidade por seu presidente, Rafael Rosa (T04).

Natural de Bauru (SP), Ozires Silva é Tenente-Coronel Aviador da Aeronáutica e Engenheiro Aeronáutico formado no ITA na turma de 1962. Aliando seus conhecimentos de oficial aviador e engenheiro aeronáutico, no campus do então, Centro Técnico de Aeronáutica (CTA), chefiou o departamento onde foi projetado e construído o primeiro avião brasileiro, o Bandeirante, que teve seu primeiro voo bem-sucedido em 1968.

Coordenou os esforços que promoveram a criação da Embraer em 1969, empresa da qual foi o primeiro presidente. Foi Ministro da Infraestrutura, presidente da Petrobras e, em 1991, retornou à Embraer, conduzindo o processo de privatização da empresa, concluído em 1994. Atualmente, participa de vários Conselhos de empresas e universidades.