Aumento da Quantidade de Menções Honrosas do ITA

Aumento da Quantidade de Menções Honrosas do ITA

 

Conquistar a honraria de summa cum laude no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) é um feito reservado a poucos e verdadeiramente excepcionais alunos. Este título, que em latim significa "com a mais alta honra", é concedido àqueles que demonstram um desempenho acadêmico excepcional, dedicação incansável e um compromisso inabalável com a excelência. No ITA, uma das mais prestigiadas instituições de ensino superior do Brasil, alcançar essa distinção é um reconhecimento não apenas das habilidades intelectuais do aluno, mas também de sua resiliência para enfrentar todo tipo de dificuldade.

Regras de Concessão de 2007 a 2023

As regras para a concessão de menções honrosas no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) ao término do Curso de Graduação são detalhadas no artigo, que estipula os critérios a serem obedecidos para cada tipo de menção. Estas eram as especificações até 2023:

Summa cum laude

  • Para receber essa menção, o aluno deve ter uma média geral "L".

Magna cum laude

  • Para essa menção, o aluno precisa ter uma média geral "MB".
  • Além disso, pelo menos 50% das notas das disciplinas devem ser "L".

Cum laude

  • Para obter essa menção, o aluno deve ter uma média geral "MB".
  • Não pode haver nenhuma nota de disciplina inferior a "MB".

Distinção em uma Divisão ou Departamento

  • Essa distinção é concedida quando o aluno obtiver notas de disciplinas iguais ou superiores a "MB" em grupos de disciplinas de uma Divisão ou Departamento específico.
  • O aluno deve ter cursado pelo menos quatro disciplinas nessa Divisão ou Departamento.

Fonte: PORTARIA CTA N° 65/ITA, DE 19 DE JUNHO DE 2007

Regras de Concessão a partir de 2023

As regras a seguir foram subsidiadas por um relatório de uma comissão de celebridades laureadas pelo ITA. A comissão foi composta pelos professores do ITA: Daniel Basso Ferreira (Summa Cum Laude - 2009), Ivan Guilhon Mitoso Rocha (Magna Cum Laude - 2014), Marcos Máximo (Summa Cum Laude - 2012) e Roberto Kawakami Harrop Galvão (Summa Cum Laude - 1995), pelos Cap. Eng André Fernando de Castro da Silva (Magna Cum Laude - 2010) e Mayara Condé Rocha Murça (Summa Cum Laude - 2011).

Summa cum Laude

  • Média geral mínima de 9,500.
  • A média deve ser igual ou superior à média Top-2 (a média das duas melhores médias gerais entre os engenheiros formados nos últimos cinco anos na mesma especialidade).

Magna cum Laude

  • Média geral mínima de 9,000.
  • A média deve ser igual ou superior à média Top-3 (a média das três melhores médias gerais entre os engenheiros formados nos últimos cinco anos na mesma especialidade).

Cum Laude

  • Média geral mínima de 8,500.
  • A média deve ser igual ou superior à média Top-5 (a média das cinco melhores médias gerais entre os engenheiros formados nos últimos cinco anos na mesma especialidade).

Distinção em um Departamento

  • O aluno deve obter notas iguais ou superiores a MB (média 8,5) em todas as disciplinas de um Departamento de Ensino onde tenha cursado pelo menos quatro disciplinas, excluindo o Trabalho de Graduação (TG).

Distinção na Divisão de Ciências Fundamentais

  • O aluno deve obter média igual ou superior a MB (média 8,5) em todas as disciplinas do currículo no Curso Fundamental.

Fonte: ICA 37-332 e Relatório da Comissão de Honrarias

Análise da AEITA

A AEITA produziu uma análise de dados e apresenta o resultado no gráfico de linha do tempo acima.

Este gráfico e muitos outros encontram-se disponíveis no painel Demografia dos Ex-Alunos. Algumas observações são dignas de nota:

  • Houve uma tendência de aumento do número de homenageados com as menções honrosas.
  • As mulheres, apesar de representadas em menor quantidade, estão proporcionalmente recebendo mais menções honrosas desde 2020.

Continuaremos acompanhando esse gráfico para acompanhar se esta tendência se manterá. Também nos interessa uma, importante, porém difícil análise de causalidade. Porém, não temos dados disponíveis para elucidar ou descartar possíveis hipóteses.

Deixe seu comentário e proponha novas análises para trazermos para o painel.

Voltar para as notícias

Para comentar, você precisa solicitar autorização aos recursos exclusivos

Caso ainda não tenha feito, preencha aqui sua solicitação de acesso. Se você já estiver cadastrado no nosso banco de dados, o processo de autorização é automatizado.